quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Relembre "O Rebu"

Autoria: Bráulio Pedroso
Supervisão: Daniel Filho
Direção: Walter Avancini e Jardel Mello
Período de exibição: 04/11/1974 – 11/04/1975
Horário: 22h00
Nº de capítulos: 112

O Rebu representou uma ousada tentativa de inovação na teledramaturgia brasileira. Em sua mansão no Alto da Boa Vista, no Rio de Janeiro, o banqueiro Conrad Mahler (Ziembinski) organiza uma festa para recepcionar a princesa italiana Olympia Buoncompagni (Marília Branco). Ao amanhecer, os convidados descobrem um cadáver na piscina da mansão, e forma-se então o cenário perfeito para uma história policial.

A grande surpresa estava na estrutura narrativa da novela: todos os seus 112 capítulos transcorriam durante 24 horas, em sequência não-cronológica: a noite da festa e o dia seguinte, com a investigação policial. A ação se dividia entre as investigações da polícia e os acontecimentos ocorridos durante a festa, sobre os quais o telespectador era informado através das cenas em flashback dos personagens. Qualquer um dos 24 convidados e outras pessoas que estiveram na mansão durante a festa eram suspeitos.

Arlete Salles, que fez o papel de Lídia, a esposa do milionário Braga (José Lewgoy), lembra que a inovadora estrutura da narrativa de O Rebu exigia dos atores um esforço extra para ajudar a manter a continuidade da novela. Se uma cena era gravada do lado esquerdo do cenário e a seguinte seria feita no lado direito, os atores da primeira cena tinham que se posicionar como figurantes da próxima. Além disso, precisavam passar meses com o mesmo figurino.









Fontes: Memória da TV e Retrô