quarta-feira, 22 de junho de 2016

Tony Ramos prestigia lançamento do livro de Olivia Byington ao lado da esposa, Lidiane, e do diretor Daniel Filho


Na noite desta terça-feira, 21, no Rio de Janeiro, o ator Tony Ramos e a esposa Lidiane prestigiaram o lançamento do livro da cantora Olivia Byington, 'O Que é que ele tem', onde ela relata a vida do filho João, que nasceu com a rara Síndrome de Apert. Arlete Salles, Marcius Melhem, Jorge Ben Jor e Daniel Filho, marido de Olivia, também estiveram no evento e garantiram a dedicátoria em seus exemplares. Quem também participou da sessão de autográfos foi o irmão de João, Gregório Duvivier, que assim como a tia, Bianca Byington, foi apoiar a primeira obra literária de Olivia.
Fonte:Caras

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Arlete Salles celebra 74 anos de vida com saúde em dia: 'Estou ótima'

Arlete Salles teve muitos motivos para comemorar nesta sexta-feira, 17. Além de completar 74 anos de vida, muito bem vividos, a atriz, que sofreu um câncer de mama em 2014, celebrou a saúde estabilizada e o novo trabalho que fará na TV, no seriado dominical de Miguel Falabella, "Brasil a Bordo", previsto para estrear no segundo semestre de 2016.
 "Minha saúde está ótima. Estou muito bem e tranquila. Comemorei o meu aniversário em casa com a minha família e os amigos mais próximos. De manhã cedo, já fui acordada com flores e uma bela cesta de café da manhã, em seguida fui à missa, agradecer, passeei com o cachorro, como de costume, e almoçamos todos juntos", contou Arlete ao Ego.
A atriz também revelou que está de malas prontas para a Europa. Arlete viajará para o Velho Continente antes de começarem as gravações de "Brasil a Bordo". "Estou muito empolgada com esse novo trabalho, mas antes, irei viajar com a familia para a Europa. Vamos eu, meu filho e minha nora. Será uma viagem muito gostosa", acredita a atriz.
Fonte:Ego

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Arlete Salles descomplica sua moda: "Não tenho personal stylist"

  Arlete Salles prestigiou o terceiro dia do Rio Moda Rio, que acontece no Pier Mauá, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (16). Elegante com um sobretudo preto para enfrentar o frio carioca, a atriz falou sobre seu estilo com irreverência.
"Não tenho personal stylist. Eu mesma que escolho tudo. Digo que sou uma consumista moderada, prefiro ter uma bolsa cara que vai durar muito a ter várias", disse. "Gosto de uma roupa clássica, discreta, com um bom tecido", completou.
Em conversa com QUEM, a atriz falou sobre seus novos projetos na TV. "Em agosto começo a gravar o novo projeto do Miguel Falabella, chamado 'Brasil Bordo'", disse. A nova série da Globo terá no elenco Dani Calabresa, Ney Latorraca, Luis Gustavo, entre outros.
Rio Moda Rio, a nova plataforma da moda brasileira, acontece até a sexta-feira (18). O evento é o primeiro a oferecer o sistema see now, buy now, ou seja, veja agora, compre agora. Além de desfiles, o público poderá usufruir de palestras, festas, gastronomia, talkshows e exposições culturais. A proposta é celebrar a criatividade de estilistas, descobrir talentos e, claro, impulsionar o mercado da moda.


Fonte: Quem

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Famosos marcam presença em estreia de musical no Rio

 Famosos estiveram na noite desta segunda-feira, 9, na sessão para convidados do espetáculo musical "Gota d'água - a seco", encenado no Theatro Net Rio, localizado em Copacabana, na Zona Sul carioca.
 Com direção de Rafael Gomes, a peça traz em cena, a atriz Laila Garin (conhecida por protagonizar "Elis - a musical") e o ator Alejandro Claveaux. Juntos, eles interpretam os personagens Joana e Jasão, que foram vividos na montagem original em 1975 por Bibi Ferreira e Paulo Pontes respectivamente. Arlete Salles, Vera Holtz, Giovanna Lancellotti, Gabriel Leone, Nathalia Dill e Juliana Alves foram algumas das celebridades que passaram pelo teatro nesta segunda.
Arlete Salles (Foto: Anderson Barros / Ego)
Fonte: Ego

sábado, 23 de abril de 2016

Arlete Salles é a estrela da campanha do Ministério da Saúde contra o influenza


A querida atriz Arlete Salles, 73 anos, é a estrela da Campanha Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde contra o influenza, que entra no ar nesta segunda. Com o slogan “Vacine-se contra a gripe e viva com mais saúde”, o filme chama idosos, crianças de até 5 anos, gestantes, mulheres que pariram (até 45 dias após o parto) e o pessoal da saúde a participarem da mobilização no sábado, dia 30.
 A expectativa é, até o fim de maio, atingir 80% do público-alvo.
Arlete Salles











Fonte: O Globo

terça-feira, 1 de março de 2016

Nota do Fã Clube

Nosso blog vai passar por uma reforma durante essa semana e semana que vem, estamos correndo atrás para uma melhor visualização de nossas postagens, algumas coisas mudaram aqui pelo fato do HTML do nosso Blog ser antigo e ter deletado algumas coisas (nossa sorte que temos uma cópia de segurança para recolocar tudo aqui aos poucos).
Precisamos da colaboração e compreensão de todos pelo momento em que o blog está passando.
Um abraço,
Equipe Fã Clube Oficial Arlete Salles.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Miguel Falabella escreve um novo dominical de humor para a Globo


Miguel Falabella escreve um novo dominical de humor para a Globo. O enredo acompanhará as desventuras da tripulação que trabalha numa companhia aérea à beira da falência. Eles viajarão pelo Brasil, e as gravações acontecerão em várias capitais.
Miguel interpretará o comandante Gonçalo e pretende reeditar a boa parceria com Arlete Salles. Para o papel de sua filha, uma aeromoça, ele quer Dani Calabresa. O restante do elenco ainda não foi decidido. Como a atração será gravada no país todo, a ideia é trabalhar também com atores das diversas regiões.
Fonte:Kogut - O Globo

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Boni recebe amigos em festa de lançamento de seu livro de ficção

Boni ficou emocionado em noite de lançamento de seu livro, na quarta-feira (2), no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Aos 80 anos, o diretor celebra sua estreia como autor de ficção com a obra Unidos do outro mundo- dialogando com os mortos. Vários artistas passaram pelo local para dar um abraço e receber o seu autografo, claro que nossa querida Arlete Salles não poderia ficar de fora. 
Fonte:Quem

sábado, 10 de outubro de 2015

Lazaro e Taís nos palcos



 Sucesso em Mister Brau, Lázaro Ramos e Taís Araújo mostraram que no teatro também dão um show. O casal estreou na noite de ontem (9) a peça O Topo da Montanha, no Teatro Faap, em São Paulo.
 O enredo, que trata sobre o último de Martin Luther King, emocionou a platéia de celebridades e amigos dos atores, que fizeram questão de ficar na primeira fila para olhar cada passo de Lázaro e Taís em cima do palco.
 Adriana Esteves e Vladimir Brichta, Fiorella Matteis e Alexandre Pato, Glória Maria, Arlete Salles e Sarah Oliveira, foram alguns dos nomes de peso que estiveram no teatro da capital paulista vendo a tão aguardada estréia do casal. 

Ofuxico

terça-feira, 6 de outubro de 2015

A atriz Arlete Salles está fazendo o maior sucesso

A atriz tem uma carreira invejável e marcou época com muitos papéis de destaque. Ela foi Dolores em Baila Comigo, Carmosina em Tieta e Madame Janete em Hilda Furacão. Seu trabalho mais recente foi viver Consuelo Pimenta em Babilônia. Além de muito experiente, Arlete Salles não parou no tempo e sabe que é importante mudar conforme os anos vão passando.

 Em 2014, ao falar sobre beijo técnico, a pernambucana mostrou-se à frente de seu tempo e respondeu que em Pedra Sobre Pedra, em que fazia par romântico com Fábio Jr.  era tudo de verdade: “O Fábio beijava no ensaio, durante a cena e depois do ‘corta’.Ele beija muito bem e de verdade. Não vejo problema algum em beijar”. Ótima atriz, gente boa e beijoqueira! Arlete merece um lugar entre as setentinhas de sucesso!
Fonte:Conta Mais

sábado, 1 de agosto de 2015

“Há um vazio na minha alma”, diz Arlete Salles ao abrir o coração



Bem-humorada, Arlete Salles avisa: não gosta de ser chamada de “senhora”. Com o sorriso largo que é sua marca registrada, ainda brinca que é melhor “não citar a idade de ninguém”, para logo lembrar que fez aniversário no mês passado. Aos 73 anos e com dois filhos, o ator Alexandre Barbalho, de 55, e o cineasta Gilberto Salles, de 44, do casamento com o ator Lúcio Mauro, de 88, ela vive a reacionária e homofóbica Consuelo de Babilônia e se sente indignada com a intolerância atual: “O que faz uma pessoa achar que tem o direito de interferir na vida do outro?”. Arlete se curou de um câncer de mama diagnosticado em 2014 e não quer mais falar sobre isso. A doença veio meses após a morte da mãe, Severina. A atriz perdeu ainda seus dois cachorros desde então. “Há um vazio na minha alma”, confessa a QUEM em sua casa, na Gávea, no Rio. A fé ajudou-a a enfrentar as dificuldades. “A vida me deve um certo afago”, afirma. Voltaria a namorar? “Com um velhinho fique certa de que não será. Eu faria só uma concessão, mas ele já está casado: Fernando Henrique Cardoso”, diz, às gargalhadas.


QUEM:  Como é dar vida a uma mulher preconceituosa?
ARLETE SALLES: Para uma intérprete, ela é um material maravilhoso. Consuelo tem o papel importante de trazer a discussão sobre homofobia, intolerância, hipocrisia religiosa. O que faz uma pessoa achar que tem o direito de interferir na vida do outro? Como um adulto apedreja uma criança porque ela está saindo com a roupinha de sua religião? Não sei se isso é resultado da internet... Antigamente essa loucura ficava restrita às casas.

QUEM:  Participa de redes sociais?
AS: Não. Recebo e-mail, respondo e é isso. Acho ridícula a selfie, palavra que não faz parte do nosso idioma. É tão cretino a pessoa ficar com o próprio celular na mão rindo para ela mesma e se fotografando na rede social! Com amigos ainda passa, mas a pessoa sozinha...

QUEM:  Está feliz com Babilônia?
AS: Gostei da novela desde o começo. Mas nosso trabalho é para o público, que gosta ou não. Acho natural haver críticas. Sempre existiram mudanças em tramas e, dependendo dos grupos de discussão, personagens podem ser mudados.

QUEM:  Consuelo é vaidosíssima. E a senhora?
AS: Não me maquio fora da TV e me visto com discrição. Agora, sou higiênica: estou sempre perfumada, tomo alguns banhos durante o dia e gosto de ter o meu cabelo bem retocado. Só fico confortável se estiver absolutamente limpinha (risos).

QUEM:  E como se cuida?
AS: Dizem que mulher não fica velha, fica cara. Faço exercícios porque água parada apodrece. Já fiz muita dieta, mas não mais. Como pequenas porções, nada radical, adoro café da manhã. Toda vez que fiz dieta, tive respostas imediatas, inclusive depois dos filhos, porque fui mãe muito jovem.

QUEM:  Foi difícil?
AS: Tive a sorte de dar certo, eles são ótimas pessoas. Mas ser mãe dos 16 para os 17 anos não é o ideal. O maior compromisso que você assume na vida é a maternidade, e nessa idade você está descobrindo a vida. Mas não lamento nada. É a minha história e isso foi vivido com sustos e surpresas, mas chegamos aqui e chegamos bem.

QUEM:  Ser mãe nova atrapalhou a carreira?
AS: Não, mas eu comecei cedo e isso impôs grandes sacrifícios à minha vida com meus filhos. Ficava fora muitas horas, tive que viajar com espetáculo, me sentia culpada, chorava. Passei por todas essas agruras.

QUEM:  Mudaria algo?
AS: Não mudaria nada. Só sinto falta de não ter muito um espírito empreendedor, de produzir. Não tenho essa combinação do talento para o ofício e para o administrativo. É o que lamento quando olho para trás. Teria mais autonomia e não ficaria dependendo de ninguém.

QUEM:  A senhora é uma mulher transgressora?
AS: Nunca me senti assim, mas vivi histórias que podem ter surpreendido e chocado as pessoas. A esta altura da vida, não tenho resistência para ver o meu nome mal colocado. Mas, quando eu era mais nova, se algo me fazia feliz, eu ia em frente, o que pode ter gerado críticas. Nesse sentido, sim, fui transgressora. Ou corajosa para viver...

QUEM:  Você tem fé?
AS: Admiro muito o budismo, li cabala, já frequentei candomblé e umbanda, mas meu encontro religioso é na Igreja Católica. A fé ajuda a enfrentar os desafios. Eu não conseguiria resistir às dificuldades se não tivesse fé. E minha vida passou por uma grande mudança, né?

QUEM:  De que forma?
AS: Meu núcleo familiar acabou, aquele que convivia comigo, que era minha mãe e meus cachorros. Sou filha única, estou órfã. Esse ciclo da minha vida se fechou (emocionada). Estou enlutada. Há um vazio na minha alma. Mas o trabalho tem me ajudado e o carinho do público vem recompondo meu coração. Vou ficar bem. Estou disposta para a vida. Como diz uma amiga: “Adelante, Arlete”.

QUEM:  De onde vem essa força?
AS: Você supera e vence os seus desafios. Nesses dois anos, eles foram presentes na minha vida com uma frequência cruel. Mas já passaram e um novo ciclo deve vir cheio de possibilidades. A vida me deve um certo afago.

QUEM:  Um novo amor?
AS: Um novo amor é sempre lindo. Só não me imagino casada e morando junto. Será que eu teria paciência? Se eu não gostar do beijo na boca, não adianta vir cheio de vantagem (gargalhadas).

QUEM:  A senhora já namorou homens novos...
AS: Bem mais novos. Geralmente, quando os homens estão bem mais velhos, gostam das mais jovens. Então, as mulheres de meia-idade ficam sem opção. Aparece alguém bem mais jovem, cheio de carinho, querendo namorar, e você não quer por causa do documento de identidade da pessoa? Eu não me incomodo com isso! Com um velhinho fique certa de que não será.  Eu faria só uma concessão, mas ele já está casado: Fernando Henrique Cardoso (gargalhadas). Que fique claro: não estou preocupada com isso. Mas a vida é um hóspede inesperado. Se ela me fizer uma bonita surpresa nesse campo, por que não?

Fonte:Quem 

sábado, 23 de maio de 2015

"É hipócrita e canalha", diz Arlete Salles sobre Consuelo de "Babilônia"


Em "Babilônia", a mãe do prefeito corrupto Aderbal Pimenta (Marcos Palmeira), Consuelo é uma mulher conservadora, dominadora  e que se diz idônea e religiosa. Puxar as orelhas do filho virou um hábito tão comum como invocar o "altíssimo" ou então falar o que pensa sem o menor filtro. Ao mesmo tempo que provoca indignação, a personagem "diverte horrores". É o que garante a sua intérprete, a atriz Arlete Salles. 

"Consuelo é mais uma louca no meu currículo e o grande álibi dela é justamente esse lado tão louco que vira cômico. Particularmente, eu me sinto bem à vontade na comédia. Faço um papel que me dá muito prazer e que tem a aceitação, o aplauso do público. Estou muito feliz e me divertindo horrores", disse a atriz que está na 35ª novela em 48 anos de TV Globo.



Susana Vieira gravou com Gabriel Braga Nunes e Arlete Salles. O trio se divertiu no encontro de uma fã com a sua diva
Na última quarta-feira (20), quando conversou por telefone com UOL, Arlete tinha acabado de chegar em casa após gravar cenas de Consuelo com sua diva Susana Vieira. "Foi bacanérrimo. Somos amigas há anos e eu fiquei numa posição que nunca tive antes que era a de fã. Aquela fã que assedia mesmo! Abraça, aperta, beija e tira selfies e mais selfies para não perder o clique e garantir sei lá quantas fotos", contou a atriz às gargalhadas.

A cena do encontro, em que Susana interpreta ela mesma, vai ao ar neste sábado e Arlete contou mais detalhes da gravação que levou dois dias. "Gravamos pela manhã cedinho no shopping perto do Projac porque às 10 da manhã ele seria aberto ao público. Essa foi a pior parte. De resto, foi tranquilo porque além de ter sido uma brincadeira, também não deixou de ser uma homenagem aos fãs. Até aquele comentário que volta e meia nós artistas ouvimos nas ruas, vai ter : 'Eu era criancinha e já assistia você na televisão'.  Antes isso me incomodava muito. Hoje, não mais", revelou.

Apesar de todo humor que cerca seu núcleo, Arlete tem sérias críticas em relação à personalidade de Consuelo. "Ela é hipócrita e canalha. Faz comentários horrorosos e que são recorrentes. Não adianta negar que não é bem assim na vida real, que esses tipos de pensamentos, posturas acontecem só na ficção. Mentira. O texto fala de coisas que ainda estão enraizadas na sociedade como a homofobia, a intolerância, a discriminação e o preconceito. Triste, mas é a verdade".

Sobre o futuro de Consuelo, Arlete ainda não sabe muitas coisas, mas acredita que ela não vá se relacionar com alguém e nem casar. "Ela agora anda toda encantada com o Luiz Fernando - personagem do Gabriel Braga Nunes - mas acho que não passa de admiração, uma lembrança de um passado, uma coisa meio platônica. Que eu saiba não tem previsto um romance. Se acontecesse  seria bacana, apesar de que ela não está merecendo, não", observou.

"Novela está tocando na ferida"
Arlete também comentou sobre as mudanças que a trama de "Babilônia" sofreu em relação à sinopse inicial, nos últimos três meses. A atriz não negou o que chamou de dissabores e defendeu a trama de Gilberto Braga. "A novela é bonita, o elenco é bom, a produção é impecável .... A arte é o que? A arte retrata a sociedade de um tempo, os seus costumes, a sua cultura... Se não for isso, ela vai ser só entretenimento? É muito pouco", declarou.


Consuelo (Arlete Salles) é mãe do prefeito Aderbal (Marcos Palmeiras) e controla Maria José (Laila Garin) e Laís (Luisa Arraes)
Depois da mundança da mocinha Alice (Sophie Charlotte), que inicialmente seria uma garota de programa e agora vive um romance com Evandro (Cassio Gabus Mendes), o personagem Carlos Alberto (Marcos Pasquim) também foi transformado. Antes um gay enrustido que se apaixonaria por Ivan, papel de Marcelo Mello Jr., agora ele se envolverá com Regina (Camila Pitanga). Para alerte, as mudanças refletem opiniões de parte dos espectadores.

"O preconceito é irmão do ódio e as grandes tragédias da humanidade aconteceram por causa desse sentimento ruim, racial, social, religioso e até político. Eu tenho muito orgulho de fazer parte dessa novela que está tocando na ferida, mostrando a realidade. "Estamos indo, atravessamos alguns mares revoltos, mas vamos chegar na praia bem calminhos", resumiu a atriz. 
Teatro com filho e neto

A novela "Babilônia" está prevista para terminar no final de agosto e Arlete Salles até tem pensado em descansar um pouco já que emendou dois trabalhos seguidos, só que nada tão longo. "Penso em  três semanas para recuperar o fôlego porque eu comecei a gravar a novela e mal tinha saído da peça "O que o Mordomo Viu?", de Miguel Falabella. Antes disso, eu tinha acabado de sair de um tratamento muito difícil, penoso de câncer de mama, enfim. Graças a Deus, passei por tudo isso trabalhando porque exercendo o meu ofício e quando eu me sinto mais viva, mais plena".

Depois da parada, Arlete tem dois filmes para fazer, mas existe um projeto familiar ainda bem embrionário que já mexe com a emoção da atriz. "Estamos pensando em um peça teatral com três gerações da minha família. Eu, o meu filho Alexandre Barbalho e o meu neto Pedro Medina. Estou bem animada, empolgada. Isso era uma coisa muito comum em circo no passado, né? Eu quero viver essa experiência de estar no palco com meus sucessores", finalizou.
Fonte:Televisao Uol